Os resultados da PNADCT para o Distrito Federal mostram que a taxa de desocupação recuou para 12,1% no 4º trimestre de 2018, ante 12,6% no trimestre anterior. Trata-se do menor valor desde o terceiro trimestre de 2016. A magnitude do recuo (0,5 p.p) foi a mesma observada na série com ajuste sazonal. Na comparação com o 4º trimestre de 2017 a redução alcançou 1,1 p.p.

Adicionalmente, cabe observar o avanço no total de trabalhadores ocupados: 13 mil a mais que o registrado no terceiro trimestre de 2018 e 86 a mais em relação ao quarto trimestre de 2017. Todavia, é importante destacar que o avanço foi concentrado entre os empregados no setor público e por conta própria – ambos registrando avanço de 19 mil ocupações. O setor privado, por sua vez, registrou recuos de 22 mil na modalidade com carteira e 8 mil na modalidade sem carteira.
O rendimento médio registrou avanço de 3,2% em relação ao trimestre anterior, em grande parte refletindo o aumento no número de empregados no setor público – os quais apresentam rendimentos, em média, superiores aos demais grupos.