No mês de abril, o IPCA de Brasília variou 0,77% em relação a março, quando havia registrado alta de 0,93%. Foi a sexta maior inflação mensal entras as 16 regiões pesquisadas pelo IBGE, sendo maior inclusive que a inflação brasileira, de 0,57%. Já a inflação acumulada no ano para Brasília está entre as três menores do país, bem abaixo do acumulado para o país, de 1,51%. A maior inflação mensal foi registrada em Fortaleza (0,91%) e a menor em Rio Branco (0,05%).


Gráfico 1 –Variação (%) mensal do IPCA – Brasil e Regiões Pesquisadas – abril de 2019



O grupo com maior contribuição para o resultado do mês foi Transportes: em Brasília, o grupo registrou variação de 2,05%, ao passo que na média nacional a variação foi de 0,94%. Mais especificamente, o avanço de itens como a gasolina (4,96%) e as passagens aéreas (4,67%) exerceu forte impacto sobre o índice do grupo. Vale ressaltar que estes itens apresentam peso bastante superior na cesta de consumo do brasiliense quando comparado à média nacional.


Gráfico 2 – IPCA – Variação mensal (%) e contribuição (pp) de cada grupo – Brasília/DF – abril de 2019

Fonte: IBGE/ Elaboração: Codeplan/Gecon-Nupre

Para uma análise mais completa, acesse as publicações abaixo.