Gráfico 01 – PIB-Brasil e Idecon-DF – 1º Trimestre de 2015 ao 2º Trimestre de 2019. Taxa Trimestral – Variação (%) no trimestre em relação ao mesmo trimestre do ano anterior

Fontes: IBGE e Codeplan. Elaboração: NUCON/GECON/DIEPS

A atividade econômica no Distrito Federal, no segundo trimestre de 2019, cresceu 1,7% na comparação a igual trimestre de 2018, o maior crescimento desde 2014. Todos os grandes setores obtiveram resultado positivo: Agropecuária, 2,8%, Serviços, 1,8%, e Indústria, 0,9%, sendo que este último apresentou a primeira alta após trimestres consecutivos de queda. No primeiro semestre do ano, a economia do DF expandiu 1,6% em relação aos primeiros seis meses do ano anterior. O desempenho da economia local foi melhor do que o da nacional que, segundo o IBGE, evoluiu 1,0% na comparação trimestral e 0,7% na semestral.

Os resultados evidenciam um processo de recuperação da economia brasiliense, ainda que lento, impulsionado, sobretudo, pelo setor de Serviços, que representa 94,9% da estrutura produtiva. A Indústria representa 4,7% e a Agropecuária, 0,4%.

Desagregando por segmentos, um dos destaques foi o Comércio, que reverteu a trajetória de declínio, ao avançar 1,9% no segundo trimestre e 0,8% no primeiro semestre do ano, indicando aumento no consumo das famílias por bens e serviços, o que influencia positivamente outras atividades.  As altas de 2,0% e 1,6%, nos mesmos períodos, das Atividades financeiras, pode ser explicada, em parte, pela baixa taxa básica de juros anual.

A atividade Administração, defesa, saúde e educação públicas e seguridade social contabilizou acréscimo de 1,2% tanto na comparação dos trimestres quanto dos semestres. A atividade pública responde por 44,7% da estrutura produtiva do Distrito Federal.

A Indústria local reagiu. Os segmentos das Indústrias de transformação cresceram 0,8% segundo trimestre de 2019 e caíram discretamente nos primeiros seis meses do ano (-0,1%). A Construção, responsável por 2,8% da atividade econômica local e 58,8% do setor industrial, apresentou leve alta de 0,1% no trimestre e, no semestre, encolheu 0,7%. O Gráfico 02 apresenta as variações trimestrais por segmentos de atividades econômicas.

Gráfico 02 – Variação Trimestral (%) Idecon-DF – Distrito Federal –Trimestre em relação ao mesmo trimestre do ano anterior – 2º Trimestre de 2019

Fonte: Codeplan. Elaboração: GECON/DIEPS/Codeplan. 1 Indústrias extrativas e Eletricidasde e gás, água, esgoto, atividades de gestão de resíduos e descontaminação. 2 Informação e comunicação; Transporte, armazenagem e correio; Atividades imobiliárias; Alojamento e alimentação; Atividades profissionais, científicas e técnicas, administrativas e serviços complementares; Artes, cultura, esporte e recreação e outras atividades de serviços; Educação e saúde mercantis; e Serviços domésticos.