Resumo

  • O IPCA-15 no Distrito Federal apresentou variação de +0,08% em agosto, o menor valor entre as regiões pesquisadas.
  • Nacionalmente, foi registrado uma variação de +0,23%.
  • No acumulado no ano, o Distrito Federal apresenta uma inflação de +0,12%, só sendo maior que a deflação observada em Goiânia, entre as regiões pesquisadas.
  • No resultado de agosto, o grupo de Transportes (+0,85%) apresentou a maior contribuição positiva (+0,18 p.p.).
  • Educação (-1,35%) e Alimentação e bebidas (-0,41%) foram os grupos que mais influenciaram negativamente o índice
    (-0,07 p.p. e -0,11 p.p., respectivamente).
  • A Gasolina, apresentou expansão de +2,17% em seus preços no mês de agosto, contribuindo para a inflação local, e Ensino Superior (-3,84%) foi responsável pela maior contribuição negativa para o índice.

Gráfico 1- IPCA-15: Variação mensal e acumulada no ano (%) – Brasil e regiões pesquisadas – Agosto de 2020

Fonte: Elaboração própria com base em dados do IBGE.

O IPCA-15, índice de preços simétrico ao IPCA, porém com período de coleta entre o dia 15 de cada mês, apresentou no Distrito Federal, em agosto de 2020, inflação de +0,08%, indicando uma estagnação do índice de preços. Este foi o menor valor entre as regiões pesquisadas, após a economia local apresentar a quarta maior variação em julho. Nacionalmente, foi registrado uma inflação de +0,23% no mês de referência. Quanto ao índice acumulado no ano, Brasília apresenta uma inflação de +0,12% em 2020, segundo menor valor entre as regiões pesquisas, o Brasil apresenta para o ano uma inflação de +0,90%.

A variação observada no índice geral de Brasília resultou principalmente da contribuição positiva do grupo Transportes (contribuição de 0,18 p.p.)e da contribuição negativa dos grupos Alimentação e bebidas e Educação (contribuição de -0,07 p.p. e -0,11 p.p., respectivamente). Em termos de subitens, a Educação apresentou a maior variação entre todos os grupos, -1,35%, setor amplamente afetado pela pandemia de Covid-19 que foi responsável pela suspensão de aulas presenciais, motivo pelo qual descontos foram concedidos nas mensalidades a fim de atrair novas matrículas.

Gráfico 2: IPCA-15 – Variação (%) e contribuição (p.p.) por grupo – Distrito Federal – Agosto de 2020

Fonte: Elaboração própria com base em dados do IBGE.

Dentro dos Transportes, os destaques responsáveis pela inflação registrada no grupo foram Gasolina e Automóvel novo, tendo o primeiro apresentado uma inflação de +2,17%, que resultou em uma contribuição de 0,13 p.p. para o índice geral, e o subitem Automóvel novo registrando inflação de +0,78% e contribuição de +0,03 p.p.. Batata-inglesa e Banana-prata, com variações de -34,68% e -12,90%, respectivamente, foram os principais responsáveis pela queda de preços do grupo Alimentação e bebidas.

Tabela 1 – IPCA-15 – Maiores contribuições (p.p.) e suas respectivas variações (%), por subitem – Distrito Federal – Agosto de 2020

Fonte: Elaboração própria com base em dados do IBGE.

Tabela 2 – IPCA-15 – Maiores contribuições (p.p.) e suas respectivas variações (%), por item – Distrito Federal – Agosto de 2020

Fonte: Elaboração própria com base em dados do IBGE.