Categoria: INFORMES

Em janeiro, o volume de vendas do comércio varejista ampliado mostrou variação de 1,5% na comparação com dezembro, descontados os efeitos sazonais. Na comparação com janeiro de 2017, o comércio se mostrou estável, com -0,1%. Contribuiu para este resultado o desempenho antagônico de segmentos importantes como Móveis e eletrodomésticos (-9,8%) e Livros, jornais, revistas e papelaria (-15,3%) do lado negativo eArtigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (10,8%) e Material de construção (14,5%) do lado positivo. O resultado também ficou estável na comparação entre o trimestre encerrado em janeiro e aquele encerrado em outubro. Desempenho em 12 meses Com […]

Leia mais

No primeiro mês do ano, o volume de vendas dos Serviços reduziu 1,2% quando comparado a dezembro, descontados os efeitos sazonais. Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, o setor apresentou avanço de 7,4% – terceiro mês consecutivo de crescimento nesta base de comparação. Após um trimestre de números positivos, o indicador mostra avanço de 2,1% no acumulado nos últimos três meses, continuando em sua trajetória ascendente. Desempenho em 12 meses O Setor de serviços não financeiros encerrou o acumulado em 12 meses com avanço de 2,7%. O valor é o maior desde junho de 2015. O gráfico […]

Leia mais

  Os resultados da PNADCT para o Distrito Federal mostram que a taxa de desocupação recuou para 12,1% no 4º trimestre de 2018, ante 12,6% no trimestre anterior. Trata-se do menor valor desde o terceiro trimestre de 2016. A magnitude do recuo (0,5 p.p) foi a mesma observada na série com ajuste sazonal. Na comparação com o 4º trimestre de 2017 a redução alcançou 1,1 p.p. Adicionalmente, cabe observar o avanço no total de trabalhadores ocupados: 13 mil a mais que o registrado no terceiro trimestre de 2018 e 86 a mais em relação ao quarto trimestre de 2017. Todavia, […]

Leia mais

  Em janeiro de 2019, a Pesquisa de Emprego e Desemprego-PED/DF registrou estabilidade da taxa de desemprego em 18,3%. Quando ajustada sazonalmente, a taxa de desemprego ficou em 18,7% da população economicamente ativa, 0,3 p.p abaixo da verificada no mês anterior. Em grande medida, o resultado de janeiro reflete o ingresso de 13 mil inativos à força de trabalho. Somado ao crescimento habitual da população em idade ativa, fez com que o número de novas ocupações – 16 mil – fosse insuficiente para absorver toda a oferta de trabalho. Assim, houve avanço de 2 mil indivíduos desempregados. Cabe destacar, todavia, […]

Leia mais

  Com o resultado de dezembro, o comércio ampliado encerrou 2018 com retração de 2,7% – a terceira maior da série histórica iniciada em 2005. Vale lembrar que em 2017 o setor apresentou avanço de 3,7% após fortes quedas em 2015 e 2016. Dentre as categorias analisadas, praticamente todas apresentaram retração. As únicas exceções foram os segmentos Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (4,7%), Outros artigos de uso pessoal e doméstico (9,7%) e Material de construção (1,9%). Adicionalmente, é importante notar que o segmento de Veículos, motocicletas, partes e peças vem apresentando quedas sucessivas desde fevereiro de 2018. […]

Leia mais

Variação no mês e no trimestre Em dezembro, o volume de vendas dos serviços avançou 1,9% quando comparado a novembro, descontados os efeitos sazonais. Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, o setor apresentou avanço de 6,0% – segundo mês consecutivo de crescimento nesta base de comparação. Após o bom desempenho de dezembro, o indicador voltou ao terreno positivo no acumulado dos últimos três meses, saindo de retração de 0,9% para expansão de 1,8%. Desempenho em 2018 Com o bom desempenho em dezembro, o setor de serviços encerrou 2018 com avanço de 1,3%. O valor é o maior […]

Leia mais

O IPCA/Brasília registrou variação de 0,05% no mês de janeiro de 2019, quarta menor variação registrada entre as regiões pesquisadas pelo IBGE, ou seja, bem inferior à média nacional que foi de 0,32%. O resultado refletiu, de um lado, o aumento do preço do feijão-carioca (24,31%) e das taxas de condomínio (2,61%), e, de outro lado, o recuo de 3,36% no preço da gasolina. Vale ressaltar que este item vem mostrando queda contínua nos últimos meses. Também vale mencionar as quedas nos preços de passagens aéreas (-2,88%) e nos preços do tomate (-13,28%), ambos produtos haviam pressionado fortemente a alta […]

Leia mais

Em dezembro de 2018, a Pesquisa de Emprego e Desemprego-PED/DF mostrou diminuição da taxa de desemprego, com 18,3% (306 mil desempregados) frente a 18,5% registrados em novembro. Quando ajustada sazonalmente, a taxa de desemprego ficou estável em 19,0%. Houve redução do número de ocupados, de nove mil pessoas, alcançando 1.361 mil, porém o que auxiliou na diminuição da taxa de desemprego, foi a redução do número de desempregados e u aumento no número de inativos. Fonte: PED-DF – Convênio Seatrab-GDF, Codeplan, Seade-SP e Dieese. Para a série com ajuste foi utilizado X13ARIMA. Assim, se de um lado, a População em […]

Leia mais

O CAGED do DF registrou o fechamento de 4.491 postos de trabalho em dezembro de 2018. O desempenho foi superior ao registrado no mesmo mês de 2017, quando o fechamento foi de 4.518 postos. Cabe destacar que o mês de dezembro é um mês caracterizado por fechamento de empregos, conforme demonstra a nota técnica sobre o resultado do CAGED em dezembro de 2017 no DF¹ . Isto é, em geral, os registros para o mês de dezembro são negativos devido a uma série de fatores relacionados com o fim do calendário letivo, calendário contábil, entre outros. Tabela 1 – Saldo da […]

Leia mais

Em novembro, o volume de vendas dos serviços variou -0,1% quando comparado a outubro, descontados os efeitos sazonais, o que aponta uma estabilidade na margem. Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, o setor apresentou avanço de 5,0% – voltando a apresentar resultados positivos, após a queda de outubro. No entanto, no acumulado dos últimos três meses, o volume de vendas mostrou pequena redução de 0,9% quando comparado aos três meses imediatamente anteriores, indicando uma desaceleração no trimestre, provavelmente influenciada pelos números de setembro. Quando considerado o resultado em 12 meses, o setor apresentou pequeno avanço, de 0,6%, […]

Leia mais