Categoria: MERCADO DE TRABALHO

A taxa de desocupação recuou para 12,5% no 4º trimestre de 2019. Na série ajustada sazonalmente a taxa foi de 12,8% ante 13,4% registrado no trimestre anterior. A taxa média anual de desocupação avançou de 12,7% em 2018 para 13,4% em 2019. Número de desocupados diminuiu -5,9% em relação ao 3º trimestre de 2019. Já […]

Leia mais

Esse trabalho foi desenvolvido como box suplementar à divulgação dos dados de CAGED de dezembro, estando também disponível no supracitado relatório (acesse aqui). Esse box estuda brevemente o comportamento dos contratos trabalhistas de natureza intermitente no Distrito Federal. Regularizada pela Lei 13.467, de 13 de julho de 2017¹, a modalidade de trabalho intermitente descreve vínculo […]

Leia mais

O CAGED[1] do Distrito Federal registrou um saldo negativo de 5.197  postos de trabalho em dezembro de 2019. O número negativo é comum ao mês de dezembro, que possui sazonalidade marcante, conforme já analisado em Nota Técnica da CODEPLAN[2]. Na série histórica, o resultado do mês aparece como o pior em três anos. Contudo, ainda […]

Leia mais

O CAGED[1] do DF registrou um saldo negativo de 1.365  postos de trabalho em outubro de 2019. Este resultado foi em grande medida causado pelo saldo negativo registrado no setor industrial (-1.614), contribuiu também o resultado no setor de serviços, que apesar de positivo, foi o menor número em seis meses e menor que o […]

Leia mais

Os resultados da PNADCT[1] para o Distrito Federal mostram um recuo na taxa de desocupação para 13,2% no 2º trimestre de 2019, ante 13,7% no trimestre anterior. Já na série ajustada sazonalmente, o decréscimo foi de 0,4 ponto percentual, terminando o trimestre em 13,5%. Na comparação com o mesmo período do ano anterior, a taxa […]

Leia mais

O CAGED[1] do DF registrou a criação líquida de 1.539  postos de trabalho em setembro de 2019. Em grande medida, o resultado foi consequência do avanço na indústria (1.050) e de alguns serviços.  Na indústria, a construção criou 998 postos em setembro, sendo o grande destaque do mês, como a atividade que mais gerou empregos […]

Leia mais

O CAGED[1] do DF registrou a criação líquida de 2.100 postos de trabalho em agosto de 2019. Em grande medida, o resultado foi consequência do avanço no setor de serviços (1.710) e na indústria (397).  Novamente, o bom desempenho dos serviços médicos, odontológicos e veterinários exerceu grande impacto sobre o setor (1.337). Na indústria, por […]

Leia mais

A taxa de desemprego observada em agosto foi de 18,3%, apresentando uma relativa estabilidade quando comparada com a taxa anterior de 18%. Contudo, na série ajustada sazonalmente, a taxa de desemprego ficou em 18,9%, 0,9 pp maior que a observada em julho, o que indica que o componente sazonal é significativo neste período do ano. […]

Leia mais

A taxa de desemprego encerrou julho em 18,0%, queda de 1,5 ponto percentual em relação ao resultado de junho, de 19,5%. Quando ajustada sazonalmente, a taxa de desemprego ficou em 18,0%, apontando que o resultado de julho não tem relação somente com movimentos sazonais. Fonte: PED-DF – Convênio Seatrab-GDF, Codeplan, Seade-SP e Dieese. Para a […]

Leia mais

O CAGED[1] do DF registrou a criação líquida de 1.921 postos de trabalho em julho de 2019. Em grande medida, o resultado foi consequência do avanço no setor de serviços (1.504) e na indústria (432).  Novamente, o bom desempenho dos serviços médicos, odontológicos e veterinários exerceu grande impacto sobre o setor (1.262). Na indústria, por […]

Leia mais